quarta-feira, 7 de Abril de 2010

Livros sobre o 25 de Abril


Nos próximos dias 22 e 23 de Abril vamos ler na escola este livro de Álvaro Magalhães, sobre o 25 de Abril.
Se os 25 autores quiserem adiantar a leitura, aqui fica o desafio...
Se preferirem recordar um livro que vos li no 1.º ano mais ou menos na mesma data, cliquem aqui:

28 comentários:

  1. Lembro-me perfeitamente da história gostei de a recordar.
    Raquel

    ResponderEliminar
  2. Quando o professor disse para nós clicarmos naquele sítio era o livro de 25 de Abril. Acho que ele pôs isso porque por acaso o livro estava muito giro.
    Inês Costa

    ResponderEliminar
  3. Eu gostei muito deste livro, já me tinham lido no primeiro e no segundo ano este livro mas foi muito giro relembrar.

    Luísa

    ResponderEliminar
  4. Eu gostei muito de ler o livro«O rapaz da bicicleta azul» porque fiquei a saber mais coisas sobre o dia 25 de Abril que foi um dia especial para as pessoas que viviam em Portugal antigamente.
    O livro do rapaz da bicicleta azul trata de um rapaz que certo dia de noite ouviu o pai a gritar pelo nome do pai, e a mãe explicou-lhe uma coisa sobre a liberdade e o rapaz não sabia o que era a liberdade.
    No dia seguinte o rapaz foi ao sotão e viu uma bicicleta azul que tinha o nome do seu pai. Ele pegou na bicicleta e foi à procura da liberdade mas não a encontrou e pelo caminho viu o capitão Salgueiro Maia que pediu a bicicleta ao rapaz e depois devolveu-a novamente .
    No dia seguinte a liberdade estava de volta.
    Mariana

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito do livro, conta o 25 de Abril de uma maneira diferente, era muito giro!
    O miúdo que estava a ouvir a história "o rapaz da bicicleta azul", andou na bicicleta e deixou-me curiosa para saber se foi para Lisboa.

    Inês Nogueira

    ResponderEliminar
  6. Eu gostei muito deste livro porque fala do 25 de Abril de uma forma diferente.

    ResponderEliminar
  7. Eu gostei muito do livro "O rapaz da Bicicleta Azul" porque aprendi mais coisas sobre o 25 de Abril que não sabia. Por exemplo, aprendi que a partir desse dia começou a haver mais liberdade para todas as pessoas, coisa que não existia antes.

    Diogo

    ResponderEliminar
  8. Eu adorei este livro porque, explica uma história relacionada com o seu título e ao mesmo tempo outra história do 25 de Abril. Ambas baseiam-se na busca da liberdade e estão muito bem contadas.
    (<Sofia Garcez)

    ResponderEliminar
  9. Este livro era giro porque falava do 25 de Abril numa forma diferente, era um rapaz que o seu pai queria liberdade, por isso foi preso e depois o filho tenta ajudá-lo sozinho.
    Cristiano

    ResponderEliminar
  10. A história do Rapaz da Bicicleta azul é criativa e engraçada porque o pai conta ao filho a história de 25 de Abril de outra maneira.

    Francisco Chaves

    ResponderEliminar
  11. Eu gostei muito de livro porque ele fala de 25 de Abril e porque eu achei giro.
    José Miguel Monteiro Soares

    ResponderEliminar
  12. Eu gostei muito do livro que se chama "O rapaz da bicicleta azul" que era a história de um menino que estava a dormir e de repente ouviu o pai a chamar pelo pai dele e o pai contou-lhe a história de que estava a sonhar que era um menino que encontrou a bicicleta que o pai lhe ia dar e foi andar sem nunca parar e encontrou um militar que lhe pediu a bicicleta emprestada mas prometeu que no dia seguinte lhe dava a liberdade e o menino emprestou-lhe a bicicleta e no dia seguinte o militar deu-lhe a flor da liberdade e o menino voltou para casa.

    Luísa

    ResponderEliminar
  13. Eu gostei muito do livro que é «O rapaz da bicicleta azul» porque era sobre o dia 25 de Abril de 1974 falava dum rapazinho que fazia anos e nos seus anos o pai não estava lá.
    Elsa

    ResponderEliminar
  14. Gostei muito deste livro.
    A parte de que eu gostei mais foi quando se falou da LIBERDADE.
    Acho que é um tema muito interessante e no livro está tratado de forma muito expressiva e bonita.

    Miguel

    ResponderEliminar
  15. Quando o Professor nos leu o livro chamado "O Rapaz da Bicicleta Azul", eu gostei muito porque no início não se percebia bem quem estava a falar e se aquilo estava realmente a acontecer. Com o desenrolar da acção conseguimos entender, que era "apenas" o pai a contar uma história ao filho.

    Sofia Oliveira

    ResponderEliminar
  16. Este livro tem uma forma mais criativa de contar a grande história do 25 de Abril.Este livro mostra a importância do 25 de Abril e fala da flor da libredade, o cravo.O livro mostra como nasceu de novo a libredade e os outros livros na maioria mostram as desvantagens que o povo de Portugal tinha com o mau governo.Mas a história era o pai que a contava ao seu filho e a personagem principal da história do pai era ele próprio. Ele era o rapaz da bicicleta azul.Na minha opinião este livro é muito bom e para mim este livro desenvolve mais a minha criatividade.
    Raquel

    ResponderEliminar
  17. A história do livro o Rapaz da Bicicleta Azul foi mesmo divertida porque era a bicicleta do pai quando era pequeno. O filho no fim da história ao sair da porta viu essa mesma bicicleta mas não era novinha, era muito velha porque o 25 de Abril se calhar já tinha passado.
    O menino também deve ter ficado contente porque o capitão Salgueiro Maia deu-lhe um cravo. Foi mesmo giro.
    Inês Costa

    ResponderEliminar
  18. Eu gostei muito deste livro «O RAPAZ da BICICLETA AZUL» porque além de se aprender muito, conta uma história relacionada com o dia 25 de Abril.
    Micael

    ResponderEliminar
  19. Esta história é muito gira. Nesta história o autor imagina personagens e mete algumas existentes.

    Artur

    ResponderEliminar
  20. Gostei muito do livro "O rapaz da bicicleta azul" porque aprendi coisas de uma forma diferente sobre o 25 de Abril. Além disso, também é uma história muito bonita.
    A Revolução do 25 de Abril é a Festa da Liberdade. Durante a Ditadura, as pessoas não tinham poder para fazer o que quisessem.
    Foi muito bom o Capitão Salgueiro Maia, juntamente com os seus companheiros, ter feito essa Revolução, pois, sem ela, nós ainda não teríamos liberdade, vivendo tristes e reprimidos.

    Pedro Rodrigues, 3.º D

    ResponderEliminar
  21. Olá,24 autores eu gostei muito deste livro até, porque é diferente dos outros.Conta a história do 25 de Abril de uma maneira diferente e mais interessante até, porque eu aprendi mais coisas sobre o 25 de Abril que eu não sabia.
    Por exemplo aprendi que havia um senhor quer dizer um capitão, que no dia 25 de abril de 1974 chamado Salgueiro Maia comandou uma fila de para aí 240 homens para prender os ministros e ir buscar a flor da liberdade(o cravo).
    Camila

    ResponderEliminar
  22. Vou começar por dizer que esta história tem sentimentos maus e bons.A parte que gostei mais foi quando o rapaz da bicicleta azul acordou e ouviu as pessoas a dizerem liberdade,porque finalmente havia liberdade,isto aconteceu no dia 25 de Abril de 1974.Eu gostei porque fala do 25 de Abril, e ensina as pessoas a lutarem pela liberdade.Aconselho a quem ler o meu comentário, a ler o "O Rapaz da Bicicleta Azul"



    Tomás Leal

    ResponderEliminar
  23. Eu acho que a historia "O rapaz da bicicleta azul"é muito engraçada e criativa porque misturaram personagens criadas pelo autor com personagens que existiram.
    Duarte

    ResponderEliminar
  24. Gostei muito deste livro que fala sobre a revolução do 25 de Abril. Sem esta revolução não teríamos liberdade. As pessoas não podiam dizer o que pensavam porque seriam presas. Com esta revolução os presos políticos foram libertados.

    Duarte

    ResponderEliminar
  25. Eu acho que o livro «O Rapaz da Bicicleta Azul» ensina coisas do 25 de Abril porque tem o Salgueiro Maia que existiu mesmo enquanto o rapaz não existiu. E também acho que o livro é interessante porque começa por o pai do rapaz ter um sonho em que ele gritava: pai, pai, pai.
    Alexandra

    ResponderEliminar
  26. Eu gostei muito do livro «O Rapaz da bicicleta Azul» porque falava do dia 25 de Abril e assim quado lemos o livro começamos a saber mais desse tal dia.

    Mafalda

    ResponderEliminar
  27. Eu acho que o livro «O Rapaz da Bicicleta Azul» ensina uma forma diferente de contar o 25 de Abril de 1974.
    Foi nesse ano que houve a Revolução.
    Salgueiro Maia existiu e tinha 30 anos nessa altura.
    Alexandre

    ResponderEliminar
  28. Eu gostei muito do livro «O Rapaz da Bicicleta Azul» porque ensina muitas coisas sobre o 25 de Abril.
    Aconselhava a quererem este livro porque é muito interessante.No princípio da parte é um pai que está a dizer «pai,pai»

    Tomás C.

    ResponderEliminar